sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Choros em Silêncio


Choro
Entrego-me aos prantos
Meus olhos começam derramar lágrimas de sangue
Porque esse choro?
Choro sem motivos
Choro por tristeza
Choro por felicidade
Choro pela vida
Choro pela morte
Choro por alegria
Choro por emoção!
Meu coração se aperta aos poucos
Corre nas minhas veias o sangue da angústia
Minha mente voltada nessas emoções tão fortes...
... Por isso me ponho a chorar,
Chorando e me isolando desse mundo cruel
Deitada nesse chão frio e pedregoso
Nesse escuro e sombrio quarto
Sofrendo com essa dor infinita
Atormentando todo o meu coração.
Ah essa mágoa profunda!
Que me adoece pouco a pouco
Que me leva a um caminho...
... Para uma morte funestamente melancólica!

Coração Partido


Meu coração se despedaça
Como cristais partidos
Espalhando estilhaços
Que voa para todos os lados
E penetra na minha pele
Machucando os meus sentimentos
Como uma faca cravada no meu peito
Matando-me ligeiramente
Numa morte quente e dolorosa
Aumentando o meu sofrer
Então...
Toma-me conta a desilusão
Acompanhada com densas angústias
Fazendo-me enfurecer
Pelo o amor que falece tristemente
E faz nascer no meu intimo um ódio puro e amargo
Que começa a odiar furiosamente
Por aquele amor que se extingue
No meu coração partido...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...