quinta-feira, 29 de maio de 2014

Misteriosa presença ( fragmento)



No teto do meu aposento
Desliza pelos ares
A escuridão de uma sombra
A sombra do meu amante
Envolto de trevas,
Pronto para me levar,
Para me ponderar,
Possuir do meu corpo
Irrigado de sangue
Envenenado de múltiplas paixões...
Originada desse amante sombroso e viril
Que exibe o seu falo eriçado

Para penetrar em mim...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...